quinta-feira, 28 de dezembro de 2017

Intenções para o Ano Novo



Estamos na última semana do ano e são muitas as pessoas que se preparam para o Ano Novo, compram roupas novas,sapatos, champanhe, passas e aguardam ansiosamente essa noite única em que um ano termina e um novo ano começa.

Algumas vão para a rua festejar, ver os concertos e o fogo de artifício, outras ficam em casa a conviver com os amigos, mas todos abrem a sua garrafa de champanhe como celebração da chegada do novo ano. Esse novo ano em que depositamos as nossas esperanças e que nos vai trazer tudo aquilo que desejamos, tudo aquilo que não concretizamos no ano anterior.
Decidimos e desejamos muitas coisas: ir para o ginásio, perder peso, ser felizes, ter um novo emprego, ir de férias para um sitio paradisíaco, caminhar pela natureza, meditar...

Para a maioria das pessoas, tudo isso são sonhos, apenas desejos vãos que se esvanecem com o passar dos dias e das semanas, e logo damos por nós emaranhados nas rotinas do  dia-a-dia e sem tempo para realizar os nossos desejos, ou simplesmente esquecêmo-nos deles e guardámo-los na gaveta até a próxima passagem de ano em que
tudo vai ser diferente e na qual vamos mesmo conseguir realizá-los, pelo menos é isso que nos dizemos a nós próprios.

Mas este ano vamos fazer diferente, vamos passar em retrospectiva o nosso ano e vamos reflectir e estar gratos pelos desafios que a Vida nos apresentou. É com estes desafios que despertamos a coragem que é necessária para nos alinharmos com a nossa verdadeira Essência.
É uma boa altura para reflectirmos se durante o ano agimos a partir do nosso coração e das nossas intenções, ou se nos deixamos levar pelos sonhos e expectativas dos outros. Se mantivemos as nossas intenções alimentadas pelo fogo do coração ou se nos perdemos do nosso propósito. Ao criarmos intenções estamos a dizer ao Universo que queremos ir por ali - qual o nosso propósito. Lembrem-se que o Universo conspira a nosso favor, trazendo-nos aquilo em que nos focamos.

Onde está o teu pensamento está a tua energia.

 Manter as nossas intenções e o nosso propósito em mente ajuda a mantermo-nos no Caminho.
Uma vida sem propósito pode tornar-se numa Vida vazia, em que um dia passa atrás do outro sem termos uma direcção definida. Ao focarmo-nos no nosso Coração e no que é importante, criamos a clareza e a auto-descoberta necessária para atingir o nosso Dharma.
É aí que a transformação aconteceÉ necessária essa busca incessante pela nossa Essência -  pela alma, para recuperarmos o nosso Eu Interior e encontrarmos essa sensação de profundo contentamento e inspiração, à medida que nos aproximamos, cada vez mais, do nosso verdadeiro Caminho.

Que perguntas podemos fazer?

1. O que me apaixona? O que quero cultivar na minha Vida?

2. O que está a correr bem na minha Vida? 

3. O que não está a correr bem na minha Vida e em que posso mudar?


Agora, vou ajudar-te a criar essa lista de intenções para o novo Ano. 
Vamos precisar de lápis e um bloco de notas ou para os mais tecnológicos uma app de notas.

1. Retira-te para um sítio onde sabes que não vais ser incomodado, o teu Sítio Sagrado.

2. Senta-te e respira fundo por algumas vezes, libertando todo o stress do dia-a-dia, liga-te com o teu Coração e escuta os Desejos do teu Coração.

3. Escreve as tuas Intenções no teu Bloco de Intenções.

4. Compromete-te contigo e diariamente relembra-te e relê as tuas intenções.

5. Mantém-te focado nas tuas intenções, dedicando-lhes todos os dias um pouco da tua atenção e carinho.

6. Inspira-te.
"A felicidade acontece quando o que pensamos, dizemos e fazemos estão em harmonia" Gandhi

Autora: Susana Pimenta
www.susanapimentaterapias.com